Cuidador informal: Governo apresenta proposta de lei

O Governo apresentou, no passado dia 15, uma proposta de lei com medidas de apoio ao cuidador informal, que irá funcionar através de projetos-piloto em todo o país, a serem avaliados ao final de um ano.

As medidas de apoio foram apresentadas, em conferência de imprensa, no Ministério do Trabalho e Segurança Social, e serão posteriormente debatidas na Assembleia da República (AR), com os projetos sobre a mesma matéria do Bloco de Esquerda e do CDS/PP.

Em declarações aos jornalistas, o ministro do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, Vieira da Silva, defendeu que “aprovar agora o estatuto [do cuidador] seria como começar pelo teto” e explicou que a opção do Governo em apresentar uma proposta de lei, que foi hoje mesmo apresentada na AR, tem a ver com o facto de ser um desafio muito grande para os sistemas públicos. “Esta proposta não pretende sobrepor-se ao debate já em curso, mas é importante que o Governo apresente algo neste contexto, na medida que é quem tem maior conhecimento do terreno e dos recursos existentes”, acrescentou o governante.

Fonte: Jornal médico (em linha)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.