Eurodeputada Marisa Matias “dá a cara” por estatuto do cuidador!

Em Portugal, calcula-se que cerca de 800 mil pessoas prestem cuidados informais, o que corresponde a 80% dos cuidados prestados a dependentes. Este trabalho, essencialmente feminino, não é reconhecido nem remunerado, mas a 9 de março de 2018, o Bloco apresentou um projeto de lei para criar o Estatuto do Cuidador, que continua a aguardar regulamentação por parte do Governo.

Apresenta-se aqui a reportagem do esquerda.net sobre a receção do Presidente da República à Associação Nacional dos Cuidadores Informais e à eurodeputada Marisa Matias, que tem acompanhado esta luta de perto.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.